CORREGEDORIA-GERAL SOBRE A CGJ PROVIMENTOS E CIRCULARES TRANSPARÊNCIA PLANTÃO CONTATOS


DIVISÃO JUDICIÁRIA

CONTATO

 

Chefe da Divisão

    Silvane Dresch

I – SEÇÃO DE REGISTRO DAS ATIVIDADES JUDICIAIS

Chefe de Seção

Cristiane Regina da Silva

Técnico Judiciário Auxiliar

Solange Faria

Analista Jurídico

Júlio Ruch

II – SEÇÃO DE CONTROLE DOS SERVIÇOS AUXILIARES

Chefe de Seção

Rodrigo Duro Zanini

Tecnico Judiciário Auxiliar

Pedro Augusto Silva Canabarro


III – SEÇÃO DE GERENCIAMENTO DE APLICATIVOS EXTERNOS

Chefe de Seção

Viviane de Souza Philippi

Analista Administrativo

Yuri Utumi Calonga

Talita Steiner Corrêa

ATRIBUIÇÕES DA DIVISÃO JUDICIÁRIA

  • supervisionar, coordenar e auditorar o sistema de coleta das informações estatísticas da Justiça de Primeiro Grau (mapas estatísticos) captados a partir do Sistema de Automação do Judiciário (SAJ);
  • organizar, supervisionar e controlar o sistema de coleta das informações estatísticas das Casas da Cidadania e das Turmas de Recursos;
  • elaborar relatórios estatísticos do movimento forense da Justiça de Primeiro Grau, das Casas da Cidadania e das Turmas Recursais;
  • atualizar as planilhas/gráficos do movimento forense no site da Corregedoria-Geral;
  • propor aperfeiçoamentos nos formulários estatísticos;
  • gerenciar e controlar os acessos autorizados pelo Corregedor-Geral ou Vice-Corregedor-Geral e manter atualizado o “Sistema de Antecedentes Criminais e Outras Ocorrências”;
  • coordenar e controlar o procedimento de acesso ao Sistema Integrado de Segurança, objeto de convênio mantido com a Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa do Cidadão;
  • atualizar o sistema de inspeções nos estabelecimentos penais;
  • administrar o sistema de plantão judicial;
  • controlar o sistema de penas disciplinares aplicadas aos servidores da justiça de Primeiro Grau;
  • manter atualizado o banco de dados dos cartórios extrajudiciais;
  • efetuar os registros relativos a leis, datas e demais circunstâncias sobre a criação e instalação de comarcas, varas e cartórios;
  • atualizar o sistema de magistrados, na parte referente ao cadastro de endereços, penalidades e demais anotações funcionais dos Juízes de Direito e Juízes Substitutos;
  • instruir os processos de promoção, remoção, opção ou permuta dos juízes de Primeiro Grau